quarta-feira, 6 de julho de 2011

Enquanto aqui no Brasil a "tempestade do caos da educação" nos preocupa...

...nos EUA,uma tempestade incomum de poeira invadiu a cidade de Phoenix no estado do Arizona,causando estragos na região e consequentemente colocando em risco a saúde da população.


A cena é impressionante e sem dúvida é uma das consequências trágicas naturais de tanta poluição atmosférica,já que estas tempestades de areia são comuns na região,porém de maneira mais brandas,sem tanta intensidade...e bota intensidade nisso!Vejam no link http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/07/tempestade-de-areia-atinge-phoenix.html .


Mas o motivo que  me trouxe hoje aqui,tão rápido após a postagem de ontem,já que tenho tido dificuldades de postar diariamente devido ao meu trabalho,não é bem a tempestade de poeira no Arizona,e sim a repercussão que uma determinada postagem minha sobre a proibição de sacolas trouxe à tona.


Adoro quando questionam o que eu posto,sabe por quê?


Porque as postagens quando polêmicas geram discussões e estas mesmas discussões geram diversas opiniões,e consequentemente isso nos ajuda a chegar a uma possível conclusão sobre certos assuntos.E haja assunto para tanta sacola plástica!


Um determinado curioso anônimo,pois não acredito que alguém que poste um comentário como anônimo seja um leitor assíduo e sim um curioso disposto a deixar sua opinião sem a coragem de mostrar a cara,me fez analisar sobre a minha penúltima postagem.


Eu fui obrigada a ler que não sei nada de matéria e que deveria ler antes de postar alguma coisa,isso me instigou a postar novamente sobre o assunto.


Puxa,a pessoa dizer que papel também polui o meio ambiente?
Nossa,mas será que esta pessoa descobriu isso sozinho ou precisou pedir ajuda aos universitários?rsrsr


É óbvio que eu estou cansada de saber que papel também polui,se você não sabe na minha grade disciplinar existia a disciplina de Gestão de Resíduos,além de outras disciplinas que não vem ao caso citar,para nos orientar sobre as consequências de nós cidadãos gerarmos tanto resíduo assim sobrecarregando nosso planeta com tanto "LIXO",graças ao nosso consumo desenfreado e ás vezes até mesmo desnecessário.


Mas para lhe ajudar a entender melhor,a poluição causada pelo papel é consideravelmente bem menor do que a mesma poluição causada pelas sacolas plásticas.
Já que o papel leva apenas entre 3 e 6 meses para se decompor,diferente das sacolas plásticas que levam mais de 100 anos para sua decomposição.


Sendo assim,não me resta dúvidas,o ideal é sim procurar outros recursos para fazermos as nossas compras.É TUDO QUESTÃO DE ADAPTAÇÃO!


Quando você é contratado numa determinada empresa,você não precisa de adaptar,se adequar às normas para manter seu emprego?


Então?Porque não pensar da mesma forma em relação a substituição das sacolas plásticas?


Que tal aderirmos às diversas opções que muitas empresas já nos sugeriram?


Na TV mesmo alguns programas já mostraram várias opções,como por exemplo aqueles antigos carrinhos tipo de supermercado de duas rodas que as pessoas usavam para fazer feira.Ou então as sacolas retornáveis,porque não? 


Até mesmo,os modelos mais novos de alguns carros já vem adaptados a esta iniciativa de substituirmos as sacolas.


Isto é muito interessante,pois o carro é uma forma de poluição da qual também precisamos reavaliar (assunto para outro post),mas os fabricantes destes poluidores que acabam sendo um mal necessário em nossas vidas (pois em determinadas ocasiões eles realmente chegam a ser insubstituíveis),já se preocuparam com este dilema e estão tentando se adaptar para amenizar a geração de resíduos em nossas vidas.


É esta a idéia central,ADAPTAÇÃO e ADEQUAÇÃO!


É tudo questão de tempo para nos acostumarmos,sei que tudo que é novo nos causa medo e questionamentos muitas vezes negativos,mas depois acabamos nos acostumando e passamos a conviver com a situação.


Nada melhor que o primeiro passo,não é mesmo?


 E com a preocupação atual da parte da minoria (mas que bom que ainda existe esta minoria),preocupada em viver sustentavelmente,é fato de que hoje em dia existem diversas opções para se substituir as sacolas plásticas,basta você querer realmente fazer a sua parte,afinal,não é a toa que brasileiro tem a fama de dar um jeitinho pra tudo,graças a sua criatividade.


O importante é saber usar nossa criatividade de forma positiva em prol de um bem comum: NOSSO PLANETA!


Só para finalizar,adoro a democracia da internet e outra coisa,eu não sou jornalista profissional e devido a isso e as minhas limitações como ser humano,não estou aqui para fazer sucesso com meus posts e levar meus minutinhos de fama não.


Eu criei este blog justamente para questionar,trocar idéias,receber sugestões e poder conhecer um pouco sobre o que pensam os meus leitores sobre esta incansável batalha pela convivência harmoniosa entre o desenvolvimento de um país e a preservação ambiental.


E vou repetir,toda e qualquer opinião é sempre bem vinda,desde que não torne a discussão em baixaria e ofensas.As críticas quando construtivas,nos tornam melhores do que somos e fazem com que possamos nos colocar no lugar do outro antes de simplesmente apontarmos o dedo para alguém.


E VIVA A DEMOCRACIA! VIVA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO!


Por: Cátia Rodrigues.







terça-feira, 5 de julho de 2011

Divulgado sobre os cursos de direito no país...e dos outros cursos então,o que esperarmos?!

Boa noite,amigos leitores.


Se depender de matéria para postar aqui,eu certamente passarei a noite toda postando,afinal,notícias é que não faltam e infelizmente,na maioria das vezes notícias negativas e desanimadoras.


Tão negativas e desanimadoras,como por exemplo no estado do Rio de Janeiro,que pelo que pude entender na reportagem do JN de hoje,mais um bueiro explodiu no Rio,e lamentavelmente o 12° conforme informado no noticiário(estou vendendo meu peixe,pelo mesmo preço que comprei).


É trágico realmente,afinal de contas em uma dessas explosões,um casal de turistas ficou gravemente ferido,se me lembro bem.


Mais trágico que isso,nada mais nada menos é a nossa educação no país.


Se a educação no país anda deste jeito,realmente fica difícil exigir segurança para se andar nas ruas sem que um bueiro exploda e nos mande pelos ares.


E falando em educação,pasmem,no link abaixo uma terrível realidade em nosso país,foi divulgada a lista com os nomes das faculdades onde os alunos tiveram nota zero na realização do último exame de ordem da OAB.


Muitas destas instituições públicas ou particulares  que estão na lista,fazem com que este resultado nos mostre como anda a educação no país,tornando preocupante o futuro profissional de nossos alunos.


Vejam a lista com os nomes destas instituições  neste link:  http://estaticog1.globo.com/2011/07/05/IES-noventa.pdf


Escola pública ou particular tem por obrigação formar profissionais capacitados e preparados para o mercado de trabalho,mas infelizmente nossa realidade não tem sido bem o que esperamos.


Concordo que muitas instituições particulares deixam a desejar,pois poderiam fazer muito mais pelos alunos e prepará-los melhor para o mercado de trabalho e este é um dos pontos mais falhos em nossas faculdades e universidades brasileiras.


Não devemos aliviar a culpa de ninguém,pois o que está em pauta aqui neste momento é simplesmente o fato de que seja a instituição pública ou particular,ambas tem por obrigação fazer com que os alunos que nelas estudam saiam das faculdades não apenas com um pedaço de papel na mão para que se possa dizer "EU TENHO UM DIPLOMA SUPERIOR",mas que acima de tudo ele possa colocar em prática tudo que aprendeu de maneira correta e possa trabalhar com a tranquilidade de que no futuro esta mesma faculdade não será apenas um peso em seu currículo, transformando orgulho em decepção.


Quantos alunos se matam de estudar para tirar boas notas e conseguir entrar em faculdades sejam particulares ou federais e hoje somos surpreendidos com um resultado deste,é sem dúvida um resultado alarmante e preocupante.


Estamos formando profissionais "incompletos",mas onde está o erro?


Na escola particular?Na escola pública?Ou na banalização de nossa educação?


Independente de onde tenha se iniciado este erro que se alastra por décadas,somos obrigados a conviver com notícias como esta http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/07/profissionais-da-area-de-educacao-no-rj-decidem-manter-greve.html
onde professores são obrigados a fazerem greve para conseguir um mínimo de seu direito e isto quando conseguem,além de prejudicar os alunos que depois tem que repor as aulas dias de sábado,feriados e durante o período que deveriam estar de férias.


Tá vendo?O erro vem desde lá de trás,nos primeiros anos escolares.


Eu acredito também que o erro começa na contratação de alguns profissionais dispostos a ensinar simplesmente por necessidade de obter um emprego e garantir o seu salário no final do mês.


Mas o erro maior é sem dúvida,a contratação daqueles profissionais dispostos a não simplesmente ensinar,mas principalmente a educar,e que no final das contas não são valorizados como realmente deveriam,sendo obrigados a sobreviver com um salário precário e vergonhoso!


Enquanto o salário daqueles que educam e realmente se preocupam com o futuro de seus alunos continuar sendo esta vergonha,não haverá educação que resista a pressão e ao caos educacional em nosso país.


Sinceridade,educação é que nem a questão ambiental,não basta tentar mudar os hábitos e sim educar aqueles que estão chegando agora de maneira correta,do contrário isto não vai acabar nunca.


Sem generalizar obviamente,mas ao ficarmos cientes desta lista é difícil até acreditar que estamos realmente recebendo uma educação adequada e correta para nos preparar para o  mercado de trabalho.


É uma verdadeira cadeia de desorganização,um erro puxa o outro,falha na educação,falha no profissionalismo e isso não é de hoje,vem lá desde a explosão da revolução industrial no país,acredito eu que a ganância daquela época nos tornou hoje reféns de nossa própria ignorância.


Leiam a matéria no link  http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2011/07/oab-divulga-lista-de-faculdades-que-tiveram-aprovacao-zero-em-exame.html e tirem sua próprias conclusões,pois a minha eu já tirei:


A  EDUCAÇÃO NO PAÍS ESTÁ DOENTE,PEDINDO SOCORRO!


Por: Cátia Rodrigues