quinta-feira, 18 de junho de 2015

E não é que faz sentido?

Bom dia, bom dia, booomm diaaa!

Como vocês estão? Porque eu estou meio lá, meio cá ultimamente...

Mas antes de falar um pouco desse meu jeito "sei lá ultimamente", quero deixar aqui o meu abraço a todos os gestores ambientais, pela passagem ontem, do dia do Gestor Ambiental. 
Merecemos como qualquer outro profissional, todo respeito, reconhecimento e admiração por essa longa batalha em sermos reconhecidos como profissionais competentes o suficiente, para protegermos o meio ambiente e juntos conscientizarmos a humanidade da importância em cuidarmos do nosso planeta!

Aos meus caros colegas da área ambiental, o meu forte abraço e parabéns pelo nosso dia!



Voltando o assunto para os meus pensamentos...

Digamos que meus pensamentos estão borbulhando de uns meses para cá, rsss.

Fico me perguntando se tem a ver com a chegada da meia idade à pouco mais de um mês e meio completada,rsss,será?!!!!

Bom, só sei de uma coisa, quanto mais meus pensamentos borbulham, mais desafiada por mim mesma eu me sinto!

Ultimamente tenho tido "sede" de novidades na área profissional, tô meio cansada da rotina, da mesmice, de coisas apagadas...talvez tenha sido esse um dos motivos da oscilação do meu humor há alguns dias! 

Cheguei a cogitar até a ideia de parar de dar aulas! O nosso sistema educacional tem me preocupado muito, isso tá me deixando meio frustrada...você quer que os alunos absorvam ao máximo do conteúdo e a maioria só se preocupa com o diploma e com a nota mínima para passar, aff...isso me irrita!

Como o serviço aqui hoje anda meio lento, sei lá, tô começando achar que a crise econômica do país chegou aqui também, e apesar de ser um município com pouco mais de 5.000 habitantes, as coisas aqui não andam como a um ano atrás, quando comecei a trabalhar aqui...as pessoas estão mais preocupadas, de pouca conversa, andam de um lado para outro tentando resolver algo, sem dividir muito as preocupações com o outro! Tá todo mundo tenso, e com razão neh, afinal, quem hoje está empregado, tem que se precaver, já que a renovação de um contrato (que é o meu caso, graças a Deus), não tem sido garantia de empregabilidade!

Mas voltando ao assunto, da mente borbulhando, no caso a minha,rsss; sou um tipo de pessoa que acredita em tudo um pouco, seja na religião, na política, na educação, tudo que envolva o pensamento humano.Pois bem, como nesses últimos dias ando meio baixo astral, com oscilações do meu humor e da minha vontade de continuar  a lutar por tudo aquilo que acredito; estava eu, viajando pelo mundo da informação virtual e me deparei com o horóscopo e consequentemente com a numerologia,rs.

Quando criança, graças a minha saudosa mãezinha, que não saía de casa sem ouvir o horóscopo do dia, eu acabei trazendo comigo o seu legado, e quando adolescente, vivia comprando aquelas revistas do João Bidu,rs...então, e até pouco depois de ter constituído minha família (afinal, tinha tempo de sobra) eu adorava ler este tipo de assunto, e no final, sempre me identificava com alguma coisa!

E não é que, depois de tanto tempo, e olha que tempo é o que menos tenho tido ultimamente, é tanto trabalho, família, casa, cachorro, gato, Blogs, criação de bijuterias (para tentar me acalmar), eu me deparei com a numerologia! E podem acreditar, meu número da sorte profissional é o 9!

Fiquei me perguntando, por quê 9? Não poderia ser um 10? Quem não sonha em ser o número 10 pelo menos uma vez na vida, não é mesmo? E eu não sou diferente, sou humana, de carne e osso, quero ser o 10 também, uai!

Mas após descobrir que meu número profissional é o 9 e ter me revoltado por alguns minutos por não ser o número 10, no final, acabei gostando de ser o 9,rs!

 E quero compartilhar com vocês minha descoberta,rs.

Leiam abaixo o pequeno trecho da numerologia que diz um pouco sobre o número 9:

PARA CADA NÚMERO, UM TRABALHO IDEAL


"9 - Fraternidade

Deve se dedicar a trabalhos com fins humanitários, solidários, pesquisa e de ensino, porque se sai melhor quando trabalha com aquilo que acredita. Por seu sentido artístico e dramático, pode ser artista, dedicar-se a escrever ou ao teatro. Sente necessidade de triunfo e o trabalho faz parte de sua vida.
Para se dar bem... Deve evitar cair no fanatismo e ter sonhos utópicos.
Terá destaque nas atividades humanitárias, como professor, pediatra, psicólogo, enfermeiro, fisioterapeuta, missionário e em atividades artísticas.
Investigador, explorador, mágico, agente policial, cientista, doutor, professor, religioso, conferencista, cirurgião, diplomata. Artista, músico, advogado, líder ou curador espiritual, especialista em meio ambiente. Os 9 cuidam de toda a humanidade - pode ser um professor, jornalista, psicólogo ou um guia para os outros -, e se doam livremente sem interesse para si." http://aparecidaliberato.terra.com.br/calculos-interna.aspx



Após ler minha numerologia e depois da grande descoberta de ser o número 9,rs...adorei isso! Eu comecei analisar o conteúdo e não é que me identifiquei muito com a maioria do que tá escrito nessa numerologia?

Tem muito a ver comigo, e não sei se por ironia, por destino ou por pura sorte, aqui estou eu, atuando na área ambiental, continuo dando aulas, há quase 3 anos e adorooooo nas horas de folga brincar um pouco de artista, fazendo meus trabalhos artesanais...coisa de artista mesmo!

Uma coisa que me chamou atenção e pela qual me identifiquei e muito, foi a questão humanitária, de se preocupar muito com o outro, principalmente com os mais injustiçados pela vida, sabe...sou sim, um pouco idealista, mas de uns tempos pra cá, conforme a idade vai chegando e as experiências da vida vão nos ensinando, eu acabei aprendendo a controlar essa minha mania utópica de ver a vida!

Aí, muitos irão se perguntar: "- Mas e eu com isso? O que isso tem a ver com um Blog que fala de meio ambiente?"

Uai, tem tudo a ver, afinal, a pessoa que vos escreve é uma apaixonada pelo meio ambiente, pelas pessoas e pela vida...e a minha vida também é escrever, oxi!

Resolvi hoje sair da rotina, postar aqui e compartilhar com vocês os meus pensamentos mais profundos, isso me faz bem, é uma forma de desabafo...

Gosto de escrever, e quem me dera tivesse mais tempo para isso! 

Outro dia encontrei com um ex-aluno no corredor da escola onde trabalho, e ele me disse mais ou menos assim: "Cátia adoro suas frases do status de Whatsapp, acho que você deveria se atrever a escrever um livro!" Confesso que no primeiro momento pensei, ahhh ele tá de brincadeira, tá falando isso porque sei que gosta de mim como professora e como pessoa, é um aluno dedicado e sempre tão gentil com todos a sua volta!...

...mas não é que no fundo ele tem razão?! E porque não? 

Falando em escrever um livro, acreditem, aos 9 anos eu escrevi o meu primeiro livro, do qual nunca foi publicado e até então, só a minha ex-professora de português da qual eu adorava, a Lalada, sabia disso; agora vocês também já sabem!

Mas este meu quase dom de escritora é assunto para outra postagem, porque agora preciso voltar para meu trabalho, já que ainda as outras opções de realização só estão presentes na minha vontade de ir mais longe do que eu possa imaginar!

Volto em breve!

Abraços e não deixem de acompanhar o meu Blog, acho que vou fazer uma revolução nele, mudando o jeito de compartilhar com vocês meus pensamentos e experiências vividas!

Bjsssssss

Cátia Rodrigues - Tecnóloga em Gestão Ambiental