quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Me ausentando por alguns dias!

Bom dia amigos e fiéis leitores,venho neste momento informar que estarei ausente por alguns dias,devido a uma cirurgia que farei amanhã,mas se Deus quiser(e tenho certeza de que Ele quer)voltarei em breve e continuarei postando no meu Blog,ou melhor,no nosso Blog,afinal,vocês são peças fundamentais para o sucesso de visualizações e acesso ao Blog.


Deixo aqui um forte abraço a todos e em breve estaremos conectados novamente no mundo virtual das informações,notícias,sugestões,críticas e reportagens pra lá de interessantes.


Rezem daí,pensamento positivo e no final tudo dá certo,se ainda não deu certo é porque certamente ainda não chegou ao fim!


Abraços,


Cátia Rodrigues (Tecnóloga em Gestão Ambiental).

Foto: Álbum pessoal 
Nada melhor que as belezas naturais para acalentar nossos corações e nos transmitir a paz necessária!

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

É por isso que o país está assim!


Prefeito de Manaus discute com moradora: 'Então, morra!'


          
Foto: Reprodução/GLoboNews



O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, discutiu com uma moradora de uma área de risco na manhã desta segunda-feira (21). Ele foi ao local após a morte de três pessoas durante o fim de semana por causa de um desmoronamento de terra na comunidade Santa Marta.

Em um dos momentos, a moradora afirma que não tem condição de ter uma moradia digna. Ele responde: "Minha filha, então, morra, morra."

Em outra ocasião, o prefeito pergunta de onde a moradora é. Ela afirma que é do Pará. "Então, pronto. Tá explicado", diz o prefeito.

O assessor Eduardo Gomes, da Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Manaus, disse ao G1 que o prefeito foi local com o intuito de retirar as pessoas da área de risco. E que a frase em que ele fala sobre morte teria sido dita no "calor da discussão", porque os moradores insistiam em permanecer no local.

Em relação à frase em que o prefeito comenta o fato de a mulher ser do Pará, Gomes afirma que Manaus sofre uma migração muito forte de estados da região Norte e Nordeste. Segundo ele, geralmente, os migrantes têm baixo nível de escolaridade, pouca qualificação profissional e vão morar em áreas de risco.


Ainda segundo Gomes, há cerca de 50 mil famílias em área de risco em Manaus. A razão, segundo ele, é a migração de pessoas para a capital amazonense.

Em nota, a Secretaria de Comunicação informou que as famílias retiradas do local vão ficar em casas alugadas pela prefeitura, até que uma área definitiva seja determinada para receber as famílias.

Ainda no texto, a secretaria informou que a prefeitura vai distribuir aos moradores kits de madeira para a construção de nova moradia e fornecer uma cesta básica por família.



COMENTANDO:

É triste,lamentável,uma atrocidade!

Se aquele que elegemos e colocamos no governo,seja do nosso município,do nosso estado ou país para nos representar e nos ajudar quando necessário,é capaz de tratar um ser humano desta forma,em que acreditarmos?

Será que este senhor ainda não foi informado,de que já se passou o tempo em que barbaridades e atitudes mesquinhas como esta não ficam mais por debaixo do tapete?

Com a imensidão de informações e com a extensão que a internet e as tecnologias digitais chegaram em nossos lares,escolas,faculdades,trabalho e até mesmo nos momentos de descontração e lazer,hoje em dia é impossível passar desapercebido seja onde for,seja quem for!

Que esta cena lamentável e constragedora sirva de exemplo para aqueles que se dizem melhores que os menos favorecidos,para que eles acordem pra vida e comecem a agir de maneira correta e passem a fazer o que realmente lhes foi proposto quando se elegeram a representantes do povo!

Porque na frente de câmeras,perto de pessoas influentes é fácil manter as aparências,mas o povo não é bobo e precisa muito mais do que aparências para viver com um mínimo de dignidade!

Cátia Rodrigues.