segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Impossível não blogar sobre esta reportagem:





GOVERNO: SERÁ DIFÍCIL ACABAR COM OS LIXÕES:





Fotos: www.google.com.br/imagens

Por Gilberto Simon - Vai ser difícil acabar com os lixões no país até 2014, admitiu ontem o secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, Silvano Silvério da Costa. O prazo é previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), sancionada pelo então presidente Lula no fim do ano passado, estabelecendo que até 2 de agosto de 2014 o Brasil não tenha mais nenhum lixão e que os aterros sanitários recebam apenas rejeitos (o que não é possível reciclar ou reutilizar).

Durante debate sobre resíduos sólidos na Fecomércio de São Paulo, ontem, Costa afirmou que um dos caminhos para acabar com os lixões é incentivar a formação de consórcios intermunicipais, que dispensariam um aterro sanitário para cada cidade. O secretário adiantou que neste ano deve ser lançada a segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC 2) para resíduos sólidos, com verba de R$ 1,5 bilhão.

A política nacional prevê ainda obrigações aos moradores. Quem residir em cidades que contam com serviço de coleta seletiva deve separar adequadamente o seu lixo, sob pena de advertência ou multa, que variará de R$ 50,00 a R$ 500,00.

Fonte: Correio do Povo



COMENTANDO:


Bom dia amigos leitores,hoje de manhã em minha peregrinação me deparei com a reportagem acima e obviamente não poderia deixar de blogar aqui sobre o assunto!


Se o governo diz que é impossível acabar com os lixões,diga-se de passagem,em que nós pobres mortais defensores do nosso planeta vamos acreditar?
Como continuar com nossa luta diária pela conscientização da humanidade para que se acabe com a maneira errônea de coleta de nosso lixo diário?


O governo está equivocado,pra mim isso é coisa de quem não está se importando com esta parte do problema,afinal,com tantas outras coisas mais importantes para se "preocuparem",eles vão se importar com os lixões?


É óbvio que não,pois acontece com os políticos o mesmo que acontece com todos nós cidadãos comuns:misturamos nossos resíduos em sacolas plásticas e simplesmente deixamos em nossas portas para que o caminhão da coleta passe e recolha!


Mas e depois?Para onde vai este lixo?Como ele é separado?Quem se responsabiliza por pela finalização dos nossos resíduos?Separamos corretamente os resíduos antes de serem levados para o lixão?Mas adianta separar o lixo sem a existência da coleta seletiva?


Não nos preocupamos com a finalização dos nossos lixos,sem contar que muitos de nós ainda não aprendeu que lixo se joga no lixo e não nas ruas,praias,praças e rodovias!


Muito menos estamos preocupados se em nossa cidade ainda existe lixão ou coleta seletiva.E por mais que digamos que nos preocupamos  e questionamos sobre esta existência ou não de coleta seletiva em nossa cidade,não fazemos o necessário para que se resolva este tipo de problema em nossas cidades.


Não vamos esperar que o nosso país seja obrigado a ter que ir para ruas e promover manifestações violentas como no Egito,para que as pessoas aprendam a gritar pelos seus direitos e aprendam a cumprir com seus deveres de cidadão,afinal,temos o direito de exigir que se criem coletas seletivas em todas as cidades do nosso país,mas também temos a obrigação de fazer a nossa parte,de educar ecologicamente e corretamente nossos filhos,futuros gestores do nosso país.


Não basta ser cidadão,tem que participar,cobrar daqueles representantes políticos que nós mesmos colocamos no governo  e dizer para eles em alto e bom tom,que o fim dos lixões tem jeito sim,basta investir pesado,basta não deixar a corrupção consumir as verbas destinadas para este objetivo,que é a coleta seletiva nacional!


Cadê as oportunidades para nós TECNÓLOGOS EM GESTÃO AMBIENTAL,colocarmos em prática o que aprendemos?Cadê a extinção do preconceito em relação a estes profissionais capazes de ajudarem na busca constante e na colocação em prática de que  OS LIXÕES TEM JEITO SIM,PODEM SER EXTINTOS COM A CRIAÇÃO DA COLETA SELETIVA!


Tudo bem que a implantação do sistema de cobrança de multas é uma boa iniciativa,afinal,quando dói no nosso bolso sentimos com mais pesar as conseqüências de nossa falta de educação,mas como exigir dos cidadãos que façam sua parte sem oferecer a eles um mínimo de condição para se fazer cumprir as leis?!


Tudo bem que onde já existem coletas seletivas,isso já pode ser colocado em prática,mas fica aqui uma pergunta:
 -Nestes lugares onde já existem fiscalização,a coleta seletiva funciona realmente na prática ou é só apenas mais uma jogada de marketing de governo?


Chega de viver na teoria minha gente,vamo colocar em prática nossos direitos e deveres,façamos uma corrente de solidariedade para com o nosso planeta,sejamos cidadãos ativos nas decisões políticas de nossos municípios,estados e país!


Juntos podemos mostrar não só para o governo,mas para todo mundo e principalmente para nós mesmos que podemos e devemos viver sem lixões e que a coleta seletiva apesar de cara inicialmente em sua implantação,diga-se de passagem, é um ganho enorme se tratando de preservação ambiental e melhoria social para o país!


Cátia Rodrigues