segunda-feira, 12 de abril de 2010

CURSO SUPERIOR: VALE Á PENA INVESTIR?

Lí uma reportagem esse fim de semana,da qual dizia que o desemprego no Brasil,cresceu 15% em relação aos profissionais com curso superior,sendo que em BH,chega á 9%.
Com base nesta reportagem faço uma pergunta: -Vale a pena investir em curso superior?
Vivemos mesmo num país em total contraste empregatício,já que na maioria das vezes se você não se qualifica,não tem oportunidades,porém se você vai mais longe e procura se preparar fazendo um curso superior,as chances diminuem,não dá pra entender.
São contrastes como esses,que muitas vezes desanimam as pessoas a buscarem maiores qualificações,afinal,esta qualificação não lhe dará garantias de emprego.
Por outro lado,é preciso correr atrás,investir em você como profissional,mesmo correndo riscos de não ter um emprego tão sonhado,afinal,melhor um emprego razoável do que nenhum!
Não entendo,por exemplo,nos casos dos tecnólogos. A maioria das empresas preferem contratar um técnico porque vai lhe sair mais em conta,financeiramente falando.
A maioria das pessoas que procuram o curso tecnológico,são pessoas de baixa renda,que querem além de um curso mais rápido para entrar no mercado de trabalho,optam por um curso que vá caber em seu orçamento,sendo que a maioria dessas pessoas ou está desempregada ou trabalha ganhando salário mínimo.
Hoje em dia,é mais que óbvio;ou você tem um QI (quem indica) que te ajude a entrar no mercado de trabalho,ou você vence o empregador pelo cansaço,enviando seus curriculos por email,indo até as empresas,ligando sempre para pedir uma oportunidade;correndo um grande risco de se passar por um chato,mas por outro lado tendo uma grande chance de ser contratado!
E viva os contrastes da vida!


Por: Cátia Rodrigues

PARABÉNS AOS HERÓIS

Deixo aqui registrado os meus parabéns á equipe do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro e todos que contribuíram no resgate das vítimas no desabamento em Niterói.
Que bom que as pessoas são solidárias,que bom que ainda existem sentimentos que amenizam a dor da perda,sentimentos como a solidariedade,o companheirismo e o espírito de equipe!
Ao ver a reportagem ontem no Fanstástico,me emocionei mais uma vez com os atos de heroísmo dessas pessoas,desses homens guerreiros e solidários,que arriscam a própria vida para salvar na maioria das vezes pessoas que nunca sequer cruzaram seus caminhos.
A esses heróis,o meu muito obrigado,por servirem de exemplo há todos nós brasileiros!