sexta-feira, 22 de abril de 2011

Não dá pra fugir dos comentários de algumas reportagens,é por isso que eu bloggo!

Boa noite,amigos leitores.


Apesar do tempo corrido(graças a Deus),eu tenho que bloggar e preciso bloggar,é como uma necessidade,uma questão de sobrevivência.


Não dá pra ver ou ler algumas reportagens e ficar calada,como se nada estivesse acontecendo,mesmo que distante de mim,pois sem dúvida,distante ou  não as conseqüências podem sim me afetar e afetar minha região,minha família,meu lar!


E é por isso que eu bloggo!!!


Logo abaixo citarei uma reportagem do site G1,que sem dúvida abre mais uma vez o questionamento sobre a preocupação e a necessidade para o desenvolvimento econômico sustentável!


Ao ler a reportagem abaixo,eu fiquei me perguntando como pode as pessoas quererem tampar o sol com a peneira,quererem não enxergar a dura e cruel realidade de que a ganância,(isso mesmo,ganância,porque pra mim isso já deixou de ser questão de desenvolvimento e sim de ganância de alguns querendo continuar tirando proveito da degradação ambiental em nosso país),está destruindo nosso planeta sem dó e nem piedade.


Acredito sim,que existem e que bom que existem,empresas sérias e responsáveis que buscam pelo desenvolvimento sustentável,mas infelizmente ainda existem aqueles que não estão nem aí se amanhã ou depois não existirá mais alimentos na mesa de muitos brasileiros,o que eles querem é explorar e explorar!
E que se dane a extinção de peixes e outras espécies!O negócio é alagar tudo e fazer dinheiro!


Talvez quando não mais existir alimentos para matar a fome da população devido a diminuição de nossas áreas ambientais necessárias para a sobrevivência das espécies(dentre elas da nossa sobrevivência),estes mesmos senhores preocupados com a construção das hidrelétricas vão sem dúvida nenhuma distribuir dinheiro pra matar a fome do povo,já que não tem comida,vamos comer dinheiro minha gente e viva o desenvolvimento econômico do país!


Ontem mesmo no Jornal Nacional,quando passava  o início desta matéria,o Secretário de Meio Ambiente daquela região teve a coragem de dizer que "...é preciso haver um estudo concreto do risco ambiental de que a construção de usinas hidrelétricas podem realmente causar  tamanha destruição naquela região..."


Quer dizer,enquanto não mostrarem para o São Tomé que 2 mais 2 são 4,ele não vai acreditar que a degradação ambiental devido a construção das usinas no Pantanal afetará sim o bioma e causará sim,sérios danos a biodiversidade e a vida da população!


Aff,eu fico possessa com estas pessoas que falam pelos cotovelos e ainda se acham os donos  da razão.


Devido a esta declaração eu gostaria de saber se este cidadão que se diz um profissional que trabalha para a fiscalização e pela ordem e preservação ambiental daquela região,é formado em meio ambiente,ou ao menos procura se informar sobre o assunto antes de dizer uma coisa dessas.


É claro que todo desenvolvimento,assim como tudo na vida,tem os prós e os contras,mas se os contras são maiores que os prós,para que insistir nisso?Quem realmente sairá ganhando com isto?


Quando o dinheiro fala mais alto,infelizmente não há biodiversidade que sobreviva a ganância e ao jeitinho brasileiro de se conseguir ganhar uns trocados fáceis.


Enquanto houver gente assim,tomando lugar de quem realmente pensa em defender o meio ambiente e procura de verdade e com a seriedade necessária encontrar formas de se criar uma maneira para a harmonia entre homem,natureza e desenvolvimento  seremos obrigados a conviver com a insegurança de um futuro incerto!


Leiam a reportagem e tirem suas próprias conclusões,porque a minha já está mais do que concluída.


É lastimável a insistência da degradação ambiental sem a real preocupação em amenizar as conseqüências futuras!

Foto: google



Do Globo Natureza,com informações do Jornal Nacional(22/04/2011 20h51 - Atualizado em 22/04/2011 21h13): 





Novas hidrelétricas podem prejudicar ciclo das águas no Pantanal:



"O Pantanal vive dos rios que descem do Planalto Central do Brasil. A água se espalha pela planície em riozinhos - chamados corixos - baías e lagoas, antes de escoar para o Rio Paraguai. E é essa água, que passa devagar pela região, que proporciona a abundância de vida no Pantanal.
A passagem da água é lenta por uma razão: o Pantanal é praticamente plano. Em uma distância de um quilômetro na direção Norte -Sul, o declive é de 3 a 5 centímetros apenas.
Quando chove nas cabeceiras dos rios, o Pantanal enche. Na estiagem, ele seca. “O que é a vida do pantanal? É o que chamam de pulso. É a variação entre a seca e a cheia. Então, quanto mais pulsa, quanto mais varia, melhor”, resume o fazendeiro pantaneiro Armando Arruda Lacerda.
As hidrelétricas planejadas para região podem mudar essa característica? O pantaneiro acha que sim. Ele teme pela sobrevivência dos peixes (...)"
Por: Cátia Rodrigues
P.S: Prometo tentar postar novamente o mais breve possível!



RETORNANDO!!!

Boa tarde amigos leitores!


Que saudades que eu estava deste mundo virtual,de poder bloggar e dividir com vocês minhas opiniões e pensamentos.


Por um lado estou muito feliz,afinal,depois de sete anos fora do mercado de trabalho consegui uma oportunidade.Tudo bem que é numa área totalmente diferente da minha formação,mas sei que não sou a primeira e não serei a última a passar por isso!


Mas até que estou gostando da idéia,conheci pessoas maravilhosas,fiz grandes amizades e sem dúvida tem sido um enorme aprendizado como pessoa e como profissional.


É algo muito diferente do que já exerci em minha vida profissional,mas estou bem otimista e acredito que esta nova oportunidade irá agregar muito conhecimento em minha bagagem.


Só tenho a agradecer a DEUS por esta oportunidade e darei de mim o meu melhor!


Mas isto não significa que estou desistindo do meu sonho de atuar na área de meio ambiente um dia como profissional,apenas estou dando um tempo dos meus sonhos se solidificarem e ganharem mais força para dar continuidade a realização dos mesmos.


O lado ruim da história é que ficarei um bom tempo sem postar aqui ou postarei muito raramente,devido ao fato deste novo emprego estar me tomando todo tempo,e sem contar que além disso tenho que dar atenção e continuar cuidando da minha família,pois não deixei de ser mãe,esposa e dona de casa,deixei apenas de ser mais uma desempregada neste Brasil de grandes oportunidades para poucos.


Prometo tentar conciliar o trabalho,os afazeres em geral e o nosso blog,mas por enquanto estarei em falta com vocês fiéis seguidores e leitores!


Deixo registrado aqui meu agradecimento pela compreensão de todos e a minha alegria em poder ser útil de uma certa forma a alguém e consequentemente poder dar continuidade a busca por meus objetivos de forma mais prática e idealizadora.


Um bom feriado para todos e que vocês tenham uma Páscoa abençoada!


Abraços da Cátia Rodrigues.